domingo, 7 de julho de 2013

Ritual de Licantropia



Primeiro uma breve introdução da historias dos lobisomens. pode se tornar Lobisomem ou licantropo  de duas maneiras:
Primeira é  por magia negra. O homem se transforma em um lobisomem em tudo conscientemente e por um tempo significativo. 
O segundo método é chamado licantropia. Ou seja, ela ocorre quando um lobisomem morde uma pessoa, com isso passando o vírus, e o mordido acaba se transformando em lobisomem.



Agora vem a parte importante, pesquisando encontrei um ritual, para se transformar em lobisomem. não testei, não posso falar se funciona ou não mas vale a pena ler.




Zeus transforma Licaón em lobisomem.


O seguinte ritual de licantropia faz parte da produção cultural fruto da formação da fraternidade satânica conhecida como Fraternitas Templi Satanis e dele fez parte como uma de suas publicações oficiais, sendo sua Trigésima Quarta Ata Ritualística. Suas operações são baseadas nas práticas da Black Order of the Dragon, mas ganhou corpo próprio após experimentação pessoal. Seu uso é indicado nos momentos em que a força, fúria, vitalidade e consciência animal se fazem necessárias.



Todo ser humano é uma fera em potencial. Os desavisados podem estranha rum ritual de Licantropia sendo apresentado como um ritual satânico. Contudo, uma breve meditação mostra que nada pode ser mais esperado do que isso. O Satanismo afinal, enquanto corrente filosófica ensina que na psique humana existe um imenso reservatório de energia, potencia e criatividade que para a maioria das pessoas permanece intocado por toda sua vida. Foi Anton LaVey mesmo que bradou que "Existe uma besta no homem que deve ser exercitada, não exorcizada."



Este abismo, representado em geral pela figura de Satã, têm na verdade muitas outras formas, sendo a animalesca uma das mais populares nas diversas mitologias ao redor do mundo. Raro o povo que não tenha uma forma-deus que seja meio animal ou dotado de características claramente bestiais. Fenriz, Set e Pã são apenas alguns para citar os mais conhecidos. Não é acaso que estes três deuses foram posteriormente identificados com o a figura do diabo.


Set



O ritual deve ser, para maior aproveitamento, realizado ao ar livre, logo que o crepúsculo se iniciar.

Ritual

0. Que o altar seja erguido como se deve saber. *Refere-se ao erguer do Altar Satânico

1. Que se execute o Ritual do Pentagrama Invertido.

2. Que com o dedo indicador ou athame, trace um círculo no sentido anti-horário em um espaço grande o suficiente para conter uma pessoa.

3. Que de frente para o altar e para o círculo a seguinte invocação seja feita:
"Que se manifestem os demoníacos poderes das feras! Eu evoco todas as criaturas da sombra, para que uma delas adentre no circulo que tracei para recebê-las.
Que um dentre os milhares seres do abismo nigérrimo traga sua natureza bestial, e faça de mim um verdadeiro ser licantropo.
Fantasmas da Escuridão! Eu vos invoco, completem minha vontade humana com a força animal! "

4. Quando perceber que conseguiu satisfatoriamente manifestar o poder bestial dentro do círculo, entre nele e feche os olhos por alguns segundos. E que então urre catarticamente.

5. Desfoque sua mente de sua racionalidade humana e mergulhe na sua visão astral. Sinta cada músculo fortalecer e expandir bestialmente, a pelagem crescer abundantemente em seu corpo. Sinta sua feição transforma-se na de um feroz ser noctívago. Veja seus dedos se converterem em garras e seus dentes se transformarem em presas. Sinta a consciência licantropia e realize o que tiver de realizar.

6. Quando a forma besta não lhe for mais útil entre novamente no circulo e volte novamente à forma humana. Feche o circulo no sentido horário e execute o ritual do pentagrama. A forma besta não deverá ser mantida até o nascer do sol.


Sem comentários:

Enviar um comentário